História oral da ginástica artística masculina do Brasil

Resumo: A história oral ganha destaque por ser um recurso crescente, prático e persuasivo que permite a apreensão, o registro e a análise de experiências vividas por pessoas e/ou grupos que por meio de testemunhos possibilitam a transformação de suas experiências em documentos escritos (MEIHY; HOLANDA, 2013). Assim, observamos que se trata de uma abordagem capaz de ampliar o conhecimento sobre acontecimentos e conjunturas do passado por meio do estudo aprofundado de experiências e versões que são particulares em busca da compreensão de aspectos da sociedade e que foram vividos pelos indivíduos da pesquisa (ALBERTI, 2005). Além disso, há preocupação de estabelecer relações entre o particular e o geral, as quais ocorrem por meio da análise comparativa dos testemunhos. Torna-se pertinente destacar que, de acordo com Alberti (2005), a consequência direta desse método é a produção de fontes de consulta para outros estudos. A partir dessa abordagem metodológica, o intuito desse estudo é produzir registros da ginástica artística masculina do Brasil com o intuito de narrar a história dessa modalidade a partir dos discursos de seus protagonistas, os quais: treinadores, árbitros, dirigentes e ginastas. Os dados da pesquisa, oriundos da documentação viva, serão submetidos ao processo de transcriação com o intuito de aproximar o sentido e a intenção original que o colaborador deseja comunicar (MEIHY; HOLANDA, 2013). Destacamos que o documento resultante de cada entrevista após as etapas de transcrição, textualização e transcriação será remetido ao colaborador para que ele se reconheça no texto durante o ato de conferência e, posterior, validação e autorização. Posteriormente, realizaremos o cruzamento das informações com o objetivo de estabelecer relações entre os discursos com o fim de confrontar e/ou complementar as informações. Para efeito de organização iremos fichar e organizar os assuntos emergentes em categorias baseadas nos roteiros que orientaram as intervenções em campo.

Data de início: 2018-05-13
Prazo (meses): 48

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Mauricio dos Santos de Oliveira
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910