A valorização das produções culturais das crianças nas mediações pedagógicas do professor de Educação Física na Educação Infantil

Nome: Bianca Andreatta Scottá
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 26/04/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
André da Silva Mello Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
André da Silva Mello Orientador
Ivan Marcelo Gomes Examinador Interno
Silvana Ventorim Examinador Externo

Resumo: Esta dissertação tem como objeto de estudo as produções culturais das crianças nas aulas de Educação Física com a Educação Infantil, focalizando as possibilidades que essas produções apresentam para a mediação pedagógica desse componente curricular com a pequena infância. O estudo está organizado de maneira em que cada objetivo corresponde a um capítulo/artigo, com metodologia própria. O capítulo sobre o estado da arte utiliza a pesquisa Bibliográfica para analisar trabalhos acadêmico-científicos do campo da Educação Física, que valorizam as produções culturais das crianças na Educação Infantil. Adotamos as seguintes fontes: anais do Conbrace, periódicos científicos, dissertações e teses da área da Educação Física, no período de 1996 a 2016. No processo de análise dos dados, nos apropriamos de indicadores bibliométricos e da nuvem de palavras, proposta pelo Software Iramuteq. O seguinte capítulo utiliza a pesquisa Narrativa (Auto)Biográfica, para analisar narrativas de cinco professores de Educação Física da Rede Municipal de Vitória/ES, escolhidos intencionalmente para este estudo, que valorizam as produções culturais das crianças em suas aulas na Educação Infantil. Para potencializar as narrativas, adotamos “episódios de interação”, compartilhando situações prototípicas em que as produções culturais das crianças foram observadas, compreendidas e valorizadas nos processos de ensino-aprendizagem. Para as análises, estabelecemos diálogos entre a produção acadêmico-científica, com as práticas pedagógicas dos professores que valorizam as manifestações dos infantis e pressupostos teóricos definidos para este estudo. Como resultados, percebemos que esses campos caminham de maneira dialética, pois, a produção acadêmico-científica serviu de suporte para interpretarmos as práticas pedagógicas dos professores e muitas situações que estavam descritas sobre o processo de valorização das produções culturais das crianças nos textos analisados, de fato, estão se incorporando nas práticas pedagógicas dos professores selecionados. Sinalizamos por meio dos episódios, estratégias utilizadas pelos docentes para auscultarem e compreenderem as manifestações infantis. Entre elas destacamos a relação dialógica, a reelaboração da intencionalidade pedagógica, os arranjos de materiais, situações e contextos, a consideração das experiências anteriores das crianças, a valorização das suas apropriações autônomas e a reprodução interpretativa, que subsidiaram seus processos de construção, criação e autonomia, abrindo
espaços para que produzam cultura.

Palavras-chave: Produções culturais. Mediações pedagógicas. Educação Física. Educação Infantil.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910